Image Map

08 agosto 2014

STJD elimina Novo Hamburgo da Copa do Brasil por usar jogador irregular

A despeito de ter batido o ABC por 2 a 0 no jogo de volta e ter avançado às oitavas de final da Copa do Brasil, o Novo Hamburgo não vai seguir na competição. O time do Rio Grande do Sul foi punido nesta sexta-feira (08) pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que eliminou a equipe da competição nacional por causa da escalação de um jogador em situação irregular.
Em decisão unânime, a 5ª Comissão Disciplinar do STJD considerou que o meia Preto não tinha condição legal para enfrentar o ABC pela Copa do Brasil. Com a eliminação do Novo Hamburgo, o time potiguar continuará na competição nacional. A equipe gaúcha vai recorrer.
"Nós estamos tristes, mas vamos levantar a cabeça e prosseguir. Vamos recorrer. Ainda temos mais uma etapa e vamos seguir na luta. Lamentamos muito porque conseguimos a classificação em campo, mas perdemos por uma atitude que não pode ser atribuída a ninguém. Talvez o clube tenha errado ao pensar que o atleta podia estar em campo", disse o presidente do Novo Hamburgo, Claudemir Dias da Costa, em entrevista à rádio "ABC".
Preto foi expulso no jogo de ida contra o J. Malucelli, válido pela segunda fase da Copa do Brasil. Julgado pelo STJD, o meio-campista recebeu suspensão de duas partidas.
Como o Novo Hamburgo está fora das quatro principais divisões do Campeonato Brasileiro, Preto desfalcou a equipe no duelo de volta contra o J. Malucelli e no primeiro confronto com o ABC. O problema é que o meio-campista não tinha contrato vigente com a equipe gaúcha quando a segunda dessas partidas foi realizada. O STJD entendeu que, como ele não tinha condições de entrar em campo, a pena não foi cumprida.
"Não gostaria de fazer uma caça às bruxas agora. Vamos deixar o tempo passar para ver o que aconteceu. Não é da minha índole acusar ninguém, e se existe um culpado por tudo isso, esse culpado sou eu", completou o presidente do Novo Hamburgo. O time gaúcho só havia disputado uma edição da Copa do Brasil até este ano, em 2006, quando foi eliminado na primeira fase.
"Para os torcedores do Novo Hamburgo, a classificação tinha sido uma alegria muito grande. Agora, infelizmente estamos fora. Vamos recorrer e levantar a cabeça para ver o que temos pela frente", finalizou Claudemir Dias da Costa.

Fonte:UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário