Image Map

01 junho 2016

RN: MP investiga caso de estudante fotografada em banheiro da UFRN.

O Ministério Público vai investigar o caso da estudante de 19 anos que disse ter sido fotografada por um homem dentro de um banheiro feminino na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). De acordo com uma portaria publicada no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira (1º), o caso, que está sendo tratado como uma 'perturbação da tranquilidade' será alvo de um procedimento investigatório criminal conduzido pelo MP.
A Promotora de Justiça Érica Verícia Canuto de Oliveira Veras, que assina a portaria, estabeleceu o procedimento investigatório criminal que será conduzido pelo MP. A apuração não interfere na investigação da Polícia Civil.
Além disso, Veras estabeleceu um prazo de 10 dias para que o suspeito, um funcionário da empresa terceirizada que presta serviços no Campus da UFRN em Natal, compareça à promotoria para prestar depoimento ou ofereça defesa por escrito.
O caso aconteceu no dia 23 de maio. De acordo com Ísis Oliveira, estudante do cursinho do Diretório Central dos Estudantes (DCE), um funcionário da empresa terceirizada que presta serviços de manutenção no Setor I da universidade a teria fotografado dentro de um box do banheiro.
De acordo com a estudante, tudo aconteceu por volta das 9h30, no intervalo entre duas aulas. Ela e outras duas amigas aproveitaram o tempo para ir ao banheiro. Em entrevista ao G1, Ísis narrou o acontecimento “Ficamos conversando dentro do banheiro por uns 5 minutos até eu entrar no box. Entrei no único que tinha papel higiênico, que era vizinho a uma cabine que estava com a porta trancada. Quando já estava saindo, vi uma mão segurando um celular por cima do box, fazendo uma foto minha. Foi quando gritei pelas minhas amigas”, disse Ísis.
A estudante registrou um boletim de ocorrência denunciando o suspeito na 5ª Delegacia de Polícia Civil de Natal. Na época, o delegado René Lopes, que colheu o depoimento da jovem, declarou que o caso estava sendo tratado como uma 'suposta importunação ofensiva ao pudor'.

Fonte: G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário