Image Map

25 setembro 2014

João Pessoa/PB: Operação policial detém 17 suspeitos de homicídios

Mais de 200 policias militares e civis participaram da operação em Mandacaru, João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Mais de 150 policiais participaram da 'Operação 154', em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)
  (Foto: Walter Paparazzo/G1)
 A operação realizada pelas polícias Civil e Militar na manhã desta quinta-feira (25) em João Pessoa resultou, no total, na prisão de 17 pessoas. Segundo informações repassadas pela Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds), foram cumpridos todos os 31 mandados de prisão e busca e apreensão.
De acordo com a delegada de homicídios da Região Metropolitana de João Pessoa, Roberta Neiva, todos os presos na operação são suspeitos de envolvimento com homicídios cometidos no bairro de Mandacaru, na Zona Norte de João Pessoa.
Segundo a delegada, os detidos são responsáveis por pelo menos 30 assassinatos cometidos no bairro. A investigação durou cerca de quatro meses e foi encabeçada pela Delegacia de Homicídios. “Todos os presos participaram de alguma forma, executando ou só dando auxílio a quem executou, de dezenas de homicídios em Mandacaru”, completou Neiva.
Cerca de 160 policiais integraram a operação, batizada de 154 por ser a soma dos artigos 121 do Código Penal, referente ao crime de homicídio, e 33 da Lei de Entorpecentes, correspondente ao crime de tráfico, focos da operação. Todos os envolvidos foram encaminhados para carceragem da Central de Polícia e devem ser transferidos para presídios da capital paraibana.
Pelo menos 10 pessoas foram detidas em uma operação conjunta das polícias Civil e Militar no bairro de Mandacaru, em João Pessoa. A ação teve início na madrugada desta quinta-feira (25) e estava em curso até as 8h. O objetivo da operação era o cumprimento de 31 mandados de prisão de pessoas procuradas pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas, assim como de busca e apreensão.
Cerca de 160 policiais militares e civis, entre os quais a delegada de Homicídios, Roberta Neiva, o gerente executivo da Polícia Civil Metropolitana, Wagner Dorta, e o secretário de Segurança Pública, Cláudio Lima. Ainda de acordo com Wagner Dorta, um dos detidos na operação é um adolescente de 16 anos suspeito de envolvimento com vários homicídios. Segundo Dorta, os detidos foram encaminhados para Central de Polícia, no bairro do Varadouro, na capital paraibana.
Apreensão de maconha
Em uma outra ação policial, nos bairros do Ernesto Geisel e Rangel, equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) apreenderam cerca de 100 kg de maconha. Na apreensão foram presos três pessoas e apreendido um adolescente. De acordo com a polícia, primeiramente foram apreendidos 20 kg da droga com um casal, abordado no bairro do Geisel. A partir dessa apreensão, a polícia continuou com a investigação e descobriu um depósito no Rangel com os 80 kg de maconha restantes. No depósito foram encontradas ainda uma espingarda calibre 12 e uma pequena quantidade de cocaína.

Fonte:G1/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário