Image Map

14 maio 2015

Dupla faz 'arrastão' e inicia incêndio em outro ônibus

Assaltantes fizeram um "arrastão" e ainda tentaram incendiar mais um ônibus em Campina Grande, na tarde desta quarta-feira (13), em Campina Grande. A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas na área do distrito Jenipapo, onde aconteceu o crime, mas até as 17h40 nenhum suspeito tinha sido localizado. Uma garrafa com álcool foi encontrada dentro do veículo. O motorista do ônibus conseguiu conter o incêndio, mas bancos e laterais do veículo ficaram parcialmente destruídos. Não houve registro de feridos.
Poucas horas antes, criminosos já tinham incendiado um ônibus no bairro do Pedregal. O G1 tentou entrar em contato com o comandante da 2º Batalhão da Polícia Militar, major Gilberto Felipe, mas fomos informados que ele estava em reunião com o comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves.
Os funcionários da empresa de ônibus explicaram ao G1 que os assaltantes mandaram as vítimas descerem do ônibus, em seguida roubaram os pertences de todos passageiros, do motorista e o valor do caixa. "Deram dois tiros no teto do carro e roubaram todo mundo. Mandaram a gente descer, não vi como foi que fizeram para atear fogo. Logo depois que eles foram embora na moto, eu peguei o extintor e consegui apagar", disse o motorista, que preferiu não se identificar.De acordo com a polícia, o segundo crime foi entre o bairro dos Cuités e o distrito do Jenipapo, por volta das 16h. Segundo as vítimas informaram à polícia, o ônibus seguia com pelo menos 15 passageiros. Um assaltante estava dentro no veículo como passageiro e rendeu o motorista. O outro seguia atrás do ônibus em uma motoneta. Ambos estavam armados e não escondiam os rostos.
No primeiro caso de ônibus incendiado emCampina Grande nesta quarta-feira (13), pessoas armadas e encapuzadas mandaram todos os passageiros e funcionários descerem do transporte e atearam fogo no veículo no bairro do Pedregal, segundo informou a polícia. O veículo ficou totalmente destruído. Segundo o Corpo de Bombeiros, o serviço de emergência foi chamado às 14h30 e, por volta das 16h, apagaram completamente as chamas. De acordo com a polícia, não houve feridos.
STTP
A assessoria de comunicação da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) informou, às 15h15, que a Polícia Militar solicitou ao órgão a interrupção temporária do tráfego de ônibus na região onde houve o incêndio criminoso.

Fonte:G1/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário